A Bela Surpresa do Menino-Aranha

Mesmo pra um colecionador velho antigo,a rotina da ida às bancas pode reservar algumas boas surpresas. Já tem um bom tempo que não compro nada da Turma da Mônica (A última tinha sido as duas edições do Lostinho). Até por isso não presto atenção aos lançamentos relacionados à Turma. Pois qual não foi minha surpresa ao me deparar com a edição 33 da revista: Clássicos do Cinema Turma da Mônica que tem como tema “Menino-Aranha”. Óbvio que comprei na hora.

Eu sei que já houve uma edição anterior dedicada ao cabeça de teia estrelada pelo Cascão e que acabei não comprando na época mas pelos comentários gerais não perdi grandes coisas. Essa ao contrário é bem legal.
Aqui o “plotagonista” é o Cebolinha que encarna o amigão da vizinhança(Se eu não falo ninguém nem ia perceber né?) numa história que segue,livremente diga-se de passagem,o roteiro do primeiro filme do escalador de paredes com o Aracnídeo enfrentando o perigoso Doente Verde. Apesar da história simples,pode-se perceber que o roteirista(Seja lá quem for esse pobre desconhecido) entende do que estava escrevendo já que as referencias e piadas com momentos da história do Homem-Aranha estão espalhadas pelas páginas. Sem estragar as surpresas tem até participação do Stan Lee e vários outros personagens Marvel.

Numa época em que as histórias do Homem-Aranha estão uns dois degraus abaixo do lixo absoluto, “Menino-Aranha” é uma ótima dica de leitura para os fãs. Acredito que não vão se arrepender.Fica recomendado.
Clássicos do Cinema Turma da Mônica tem 50 páginas e custa R$5,50.

  • OI, Mac!Esse título de revista tem me dado boas surpresas. Estou começando a comprar a partir do número 31 e tenho gostado. O anterior – TRONICA – é muito 10!!!

    Asssim que de der, comprarei esse do Aranha também, é claro! É que eu ainda não vi nas bancas daqui até ontem. O curiosoé que se olhar na página de expediente, as revistas são impressas em uma grande gráfica aqui do centro de minha cidade, e a distribuidora é uma tal de FC de Osasco (e não a ARGH! da DINAP). É muito loucotudo isso… as histórias são produzidas em São PAulo – Capital, impressas aqui em Ribeirão Preto e distribuídas a partir de Osasco. E ainda assim eles conseguem fazer distribuição nacional. Que loucura!!!

    Um grande abraço! Fabiano CAldeira.

  • Ainda hoje eu pretendo postar no meu blog uma matéria sobre a revista HA-128

  • Pois é, Fabiano. Só que não consegue distribuir direito seus pobre e mirrados gibis em formatinho e papel jornal é a Abril. Nos dois Estados por onde mais ando, nunca vi: Mega, Jumbo, Olímpico, Futebol etc.

  • Passei só pra dizer que HOJE fiz a postagem do HA 128. Infelizmente, por conta de trabalho e compromissos de saúde, não pude fazer antes, como eu queria…. desculpe!

    Abraços. Fabiano Caldeira.

  • Louquinho pra ler está edição,tenho a coleção completa,gostei…da capa,vlw,amigo,abçs,Xandro.

  • Oi Mac, to voltando. Ainda não comprei essa edição, mas nesse final de semana vou comprar. Abs