Category Archives: editorial

De Volta Aos Trabalhos E Novidades.

Foram dois Meses que passamos sem postagens no Clarim. Depois de uma mudança total na estrutura do Site estamos de volta.

Aos trancos e barrancos: Eis o Novo(Novo) Clarim.

stanlee

É isso aí.  Depois de quase um mês apanhando com configurações, empresas de domínios e muitas outras coisinhas chatas, finalmente está no ar a versão 3.0 do Clarim.

Feliz 2013

Pois é. Mais um ano que se vai e já que as profecias Maias foram furadas e o Mundo infelizmente  não acabou, é tempo de colocar na balança o ano que se acaba e ver se foi produtivo. De minha parte só queria desejar a quem ainda dispões de um tempo de seu dia pra visitar o Clarim,mesmo com as poucas atualizações que ele teve esses últimos meses, um ótimo 2013. Não gosto de promessas de fim de ano e coisas do tipo mas pretendo tentar organizar meu tempo para que possa voltar a atualizar o blog com frequência. É isso ou pensar em outras opções.
 Então desejo a todos vocês, meus 6 leitores um ótimo 2013 cheio de realizações.

E como um dos assuntos principais do Clarim é cinema, deixo um daqueles vídeos retrospectivas com os lançamentos desse anos que se acaba. Agora é ficar no aguardo pelos bons filmes de 2013.
Abraços e até o ano que vem.

[Editorial]Dublado X Legendado X Imposição

Já tem um tempo que venho “cozinhando” este texto mas acho que já enrolei demais e pelo que vem acontecendo ultimamente acho que já é o momento propício.
 Quem costuma ir regularmente ao cinema com certeza já percebeu um fato que vem ficando corriqueiro: O aumento de cópias dubladas nos filmes. Isso não seria problema se muitos cinemas não estivessem optado por exibir apenas cópias dubladas!
 Outro local onde podemos notar isso é na Tv a cabo.Recentemente muitos canais estão dando preferência à exibir TODA a programação com o áudio dublado.E não são canais que tradicionalmente já exibiam programas dublados como o TNT ou o Megapix. Canais tradicionais como o Sony,AXN estão cada vez mais dando espaço para programas dublados.

 Os casos acima poderiam  ser aceitáveis se não fosse por um simples detalhe:a falta de opção! Se eles estão aumentando a oferta é porque existe a demanda por esse tipo de programação.O Brasil é um País onde a grande maioria da população infelizmente não tem o hábito da leitura.Acompanhar legendas e ainda prestar atenção no programa deve ser difícil pra esse pessoal. Logo, a busca pela opção mais cômoda se torna quase natural. Ou então tem aqueles que realmente são fãs de dublagens.Não importa.O caso é que não se pode prejudicar a parcela da população que prefere o legendado.

O Cinema mais perto de onde eu moro é o Cinemark do Shopping Aricanduva e já faz uns dois anos que não o frequento pelo simples fato de,em raros casos, só vir cópias dubladas.Muitas vezes existem duas,três salas passando o mesmo filme…dublado.Qual a dificuldade em,se não querem dividir as cópias,reservar ao menos uma sala para a exibição da versão original?
  Com essa atual modinha do 3D há o agravante de que eles exibem as versões 2D somente dublado para obrigar a ida à versão 3D que normalmente é mais cara.
 Em animação esperar por legendas é uma utopia.Estou querendo assistir Muppets desde a estréia mas vou esperar o Blu-Ray por não ter nenhuma cópia legendada.

Nas Tv a Cabo o negócio é mais complicado. Pagamos (normalmente muito) para assistir uma tv de qualidade que, se fôssemos depender da Tv aberta estaríamos ferrados. Já é um absurdo ter tanto comercial e agora, com essa imposição de dublagem me faz ficar com sensação de jogar dinheiro fora.Sim! Porque não vou pagar pra ver algo em um formato que eu não gosto. E o pior: não nos dão a opção (Novamente essa palavrinha) de escolher o formato. Tecnologia pra isso existe.
  A Fox uns anos atrás passou a exibir toda sua programação dublada.Mas após a reclamação geral ela corrigiu e ao menos na Sky, pode-se optar pelo áudio original inclusive com legenda.Porque outros canais não podem fazer o mesmo?A resposta é simples: Não querem gastar.A velha mentalidade de “Vamos gastar pouco e faturar muito”que impera.Pra que se dar ao trabalho de oferecer algo que contente a todos não é mesmo?

Antes que venham dizer que estou  desmerecendo a dublagem devo deixar claro que,apesar de 95% do que assisto hoje em dia ser legendado,não tenho nada contra dublagem ou (a maioria dos)dubladores em si. Apenas quero ter o direito de escolher como irei assistir aos programas.Já passou a época  na qual estávamos presos ao que as emissoras de TV achavam que deveríamos assistir.Hoje em dia existem diversas formas de se assistir praticamente qualquer coisa muito mais rápido do que esperar pela tv/cinema.
Apesar de tudo eu ainda prefiro pagar pra ir no cinema/assistir na TV do que apelar pra meios alternativos.E uma forma dessas redes tentarem vencer a pirataria é agradar ao público.Mas não adianta privilegiar apenas uma parcela.
    Também vale citar que o mercado “paralelo” não é a única opção.. Empresas como a Netmovies e a Netflix estão chegando ao Brasil .Mesmo essas empresas ainda tendo muito o que melhorar,é preferível optar por elas, pagando apenas R$15,00 por Mês do que os absurdos da Tv Paga.

No momento atual, Tv a cabo para mim se resume a alguns canais de filmes e canais de documentários. Esses apesar de também terem programação essencialmente dublados, não  necessitam de grandes atuações por parte dos dubladores.
  Pra finalizar, existe espaço para os dois tipos de público.Basta boa vontade dessas redes. Só não me obriguem a assistir meus programas preferidos em um formato que eu considero inferior. Ou será que empresas de TV a cabo e redes de Cinema só vão aprender quando o público começar a cair?Aí como sempre vão colocar a culpa na pirataria e reclamar da falta de sorte.

Abaixo alguns textos interessantes sobre o assunto.

Ligado em série
Cinema em cena
Cinema é minha praia
Recanto das palavras
Debiloid’s

[Editorial] Bem Vindos ao Novo Clarim

O Clarim Diário está no ar a dois anos e meio e como havia comentado neste post o blog iria passar por algumas mudanças e tenho orgulho em lhes dar as boas vindas ao Novo Clarim.
Vamos a algumas explicações básicas.
A começar pela nova url.Uma das reclamações recebidas na pesquisa foi sobre a URL do blog que era uito complicada então corrigi isso e agora o Clarim tem domínio e para acessá-lo basta digitar www.novoclarim.com então atualizem seus favoritos.mas não se preocupem que o endereço antigo continuará direcionando pra cá.

Apesar do visual mais moderno,optei por manter excencialmente o mesmo esquema de cores que acompanha o blog desde 2009.
No nome, pelo fato do outro nome já ser registrado pela Marvel e pra evitar problemas futuros(nunca se sabe) sai o “Diário” para virar Novo Clarim, ou apenas O Clarim.
Outra mudança é no Twitter que agora atende pelousuário @OClarim e a novidade é que temos uma página no Facebook. Quem fizer parte daquela rede social, cliquem aqui e curtam lá. E quem precisar entrar em contato pode escrever para contato@novoclarim.com .

Mas o mais importante é que o blog vai continuar como sempre foi: Tratando de assuntos variados com o mesmo estilo com o qual já estão acostumados. Continuo aceitando críticas e se acham que ainda tem algo a melhorar,não exitem em dizer.E se preciso, discordem!Como costumo dizer:não sou o dono da verdade.as opiniões expressas no blog são pessoais.Se tiver uma opinião diferente pode expressá-la nos comentários.

Pra finalizar só avisar que vou ajustando os links do blog aos poucos. Se encontrarem algum que não funcione tenham paciência que logo arrumo.
Espero que gostem das mudanças.

Wellington “Macgaren”