Poirot: Rumo ao fim

Poirot 1

Como já comentei outras vezes por aqui, a  série que adapta todos os casos de Hercule Poirot se encaminha para seu final. Em sua última temporada os últimos 5 casos que faltavam ser transposto para a Tv finalmente estão indo ao ar.

Eu fiz o review de “Os Elefantes não esquecem“, o primeiro deles agora, faltando apenas um capítulo, resolvi comentar brevemente sobre os outros 3 episódios da temporada que vêm sendo exibidos semanalmente.

Os Quatro Grandes(The big Four)

big4poster

“A organização criminosa conhecida apenas como “Os Quatro Grandes” aterroriza a cidade causando mortes aparentemente desconexas. Mas o que eles pretendem e quem serão seus membros?”

“Os Quatro Grandes” não é dos meus livros preferidos da Agatha Christie (Está muito longe disso, na verdade) e o filme me lembrou porque. obviamente não  vou contar o final. Mas ainda assim foi bem legal ver os Quatro aí da foto (que não são os Quatro Grandes do título) juntos depois de tantos anos. Hugh Fraser não fazia seu papel de Capitão Hastings desde “Morte na Mesopotâmia”,  Já Philip Jackson e Pauline Moran não reprisavam seus personagens (Inspetor Japp e Miss Lemon, respectivamente) desde Morte na Praia” . Ambos episódios da temporada de 2001. Lá se vão 12 anos

Que bom que conseguiram fechar os filmes com todo mundo ainda vivo. No mais, não sou de reclamar de adaptações mas…mas… Eu queria que não tivessem limado o “Aquiles” da história. Ok, na Tv seria difícil dar uma explicação pra ele mas ainda assim seria legal ver o Poirot Sem Bigode.

A extravagância do Morto (Dead Man’s Folly)

POIROT_DEAD_MANS_FOLLY

Ariadne Oliver é convidada a criar um jogo de pistas que levará a um assassinato em uma festa na casa de uma respeitada família. Mas quando o assassinato de mentira se torna real, Só o Poirot poderia resolver mais esse caso.

Eu já havia assistido á versão de A extravagância do Morto com o Peter Ustinov mas não dá pra comparar com David Suchet. Tirando isso, não há muito o que se dizer sobre A extravagância do Morto. É uma história legal que originou um filme também legal.

Os trabalhos de Hercules (Tha Labors of Hercules)

Poirot-2679101

Prestes a se aposentar, Poirot decide só aceitar mais 12 casos até o fim da carreira. Mas não são casos comuns. Os casos precisam ter relação com os 12 trabalhos de Hercules. 

Gosto desse livro porque é legal ver o paralelo que a Agatha Christe faz entre os casos e os famosos trabalho . Por exemplo: Recuperar um cãozinho sequestrado é o equivalente ao Cérberus. Estava curioso em como iriam adaptá-los pois o livro é formado por contos de uma média de 20 páginas onde cada um se refere a um dos trabalhos. A solução foi pegar um deles e enfiar várias das outras situações divididas entre os personagens. E até que ficou bem feito. Ok, alguns acabaram ficando de fora mas nada é perfeito.

Na próxima Quarta (dia 13) irá ao ar o último episódio: Cai o Pano ( The Curtain: Poirot’s last case) . Episódio 70 e que fecha a série. Se não resolverem mudar o final, prevejo um episódio bem emocionante. Mas deixarei pra comentar sobre ele ainda durante essa semana. Até lá.