Pokémon Red, O Mangá.

A Editora Panini traz para o Brasil o Mangá Pokémon Adventures, a série mais longeva envolvendo os monstrinhos de bolso e que retrata as histórias dos protagonistas dos diversos jogos da franquia.

PokemonRedGreenBlue-

Devo começar dizendo que, sempre gostei de Pokémon. Mais do anime (O início pelo menos, onde aparecem os primeiros 150 e poucos que são os que considero os que valem). Cheguei a comprar os mangás que a Conrad lançou por aqui lá no fim dos anos 90 mas nunca cheguei a jogor os jogos pelo simples motivo de nunca ter tido paciência pra RPG.

O  recente lançamento de Pokémon Go entretanto reacendeu meu gosto pela franquia e inclusive superei minha birra e  Pokémon Red se tornou o quarto RPG que consegui jogar até o fim.

E também apesar de já não ler Mangá há algum tempo (Tirando One Piece porque One Piece é F%#@) resolvi dar uma chance para esse  recém lançado.

poliwrath

Neste primeiro volume acompanhamos a história de Red cujo sonho é reunir os dados de todos os Pokémons existentes em sua Pokédex…  E pra isso vai precisar andar pra burro. Sim como já devem ter percebido é a história do primeiro jogo… ou quase.

Há algumas diferenças pois afinal é uma adaptação(Sei que é uma palavra difícil de se entender no Mundo Nerd) algumas passagens ocorrem diferente mas no geral a jornada do Red está lá.

Uma coisa que achei legal é que cada capítulo tem o título do Pokémon que irá ter alguma importância nele. E aqui preciso destacar o capítulo do meu Pokémon preferido : Psyduck. Aviso irei dar uma pequeno (ou não) Spoiler.

psyduck

No capítulo em questão, Red chega à cidade de Lavender onde há boatos de fantasmas na Torre da Cidade que também serve de cemitério para Pokémons. Ao investigar, ele acaba se deparando com um Psyduck Zumbi com olho saltado e esqueleto á mostra e tudo. Foi triste ver meu Pokémon preferido assim mimimi. Mas por outro lado foi bom pois não esperava me “chocar” lendo um mangá infantil.

Outro detalhe que gostei é que os Treinadores também são afetados durante as lutas. Não é só o pobre Pokémon que se ferra… o que acho mais que justo.

Chap10p01Red

O roteiro de Hidenori Kusaka é bem fluído e não cansa durante a leitura.  Só achei que algumas coisas acontecem muito rápido como por exemplo a obtenção da Pedra da Lua.

O desenho do Mato que deve ser um bom jogador de futebol já que sempre ouvi a expressão”Bola pro Mato que o jogo é de Campeonato”  não tem nada demais. É um traço meio padrão pro nível dos Mangás. Pelo menos é melhor que o traço daquela versão da Conrad que mencionei antes.

Vale também parabenizar a Panini pois, diferente das revistas de Super-Heróis, os mangás parecem ter revisão. Eu pelo menos não encontrei nenhum erro, como os que são comuns  nas revistas Marvel.

pokemon red 1
Finalizando, gostei bastante desse primeiro volume. Continuarei comprando pelo menos os próximos dois volumes onde se encerrará o arco do Red (E os Pokémons que valem).

Pokémon Red Green Blue tem 210 páginas e custa 13 Patacas e 90 Centavos.