Punho De Ferro: As Nada Boas Primeiras Impressões.

Tive a oportunidade de assistir aos 6 primeiros episódios da Série do Punho de Ferro, a Quarta da parceria Marvel/Netflix(Quinta, se contar a segunda do Demolidor)  que vai levar à Defensores no segundo Semestre. Mas e aí? Acertaram?

TEXTO SEM SPOILER

punho 1

Devo admitir que não sou um profundo conhecedor do personagem. Li algumas coisas mas sempre muito aleatório quando calhava de alguma história dele estar jogada no meio de algum Mix da Editora Abril. Mas mesmo conhecendo o básico do básico, o mínimo que se espera de uma série do Punho de Ferro seria lutas, um pouco do misticismo de K’un Lun, Artes Marciais…  esses detalhes básicos de um personagem como ele e eis que, pelo menos nesses seis primeiros episódio, a série NÃO entrega isso.

Se tem algo que eu reclamo desde Jéssica Jones, que foi a segunda série Marvel/Netflix, é o fato das séries em geral serem arrastadas. A “obrigatoriedade” de fazer uma temporada de 13 episódios acaba esticando tudo além da conta. Punho de Ferro sofre desse mal até mais que as anteriores.

NECaYWgD3Y9XGG_2_b

Tirando a primeira temporada de Demolidor que acho redondinha, as séries começam bem e vão caindo, enrolando, esticando até atingirem seus 13 episódios. Com Punho de Ferro acontece o oposto: A série já começa lenta. Não é spoiler dizer que a história mostra o Danny Rand voltando pra Nova York após passar anos desaparecido dado como morto. A partir daí seria lógico que ele sofresse pra provar que era realmente quem diz ser. Ainda mais levando em conta que é o Herdeiro da Rand, uma Empresa multizilionária. Ninguém iria acreditar de cara  num doido maltrapilho que chega e diz “Então. Sabe o garoto que todo mundo achou que morreu com a família há 15 anos num acidente de avião? Sou eu!” A desconfiança seria lógica. O problema é que gastam QUATRO EPISÓDIOS nessa ladainha de “Sou o Danny.” “Não, você não é!””Sim, eu sou!” “Não. Não é!

Ao invés de uma série de artes marciais, vira uma novela mexicana de briga empresarial chata, enfadonha e sonolenta.

fist

Some a isso uma gama de personagens pra lá de sem graça. Ward e Joy, a dupla de irmãos que está no comando da Rand é uma caricatura. A Coleen Wing que acaba ficando amiga do Danny também é genérica. Mais alguns personagens que não posso falar pois seria spoiler mas também não fazem a menor falta sendo citados ou não.

E temos a Claire(Rosário Dawson), a enfermeira onipresente das séries Netflix. De todas suas introduções nas tramas, essa foi a de longe a mais forçada delas.

marvel-iron-fist-netflix-colleen-wing-jessica-henwick

Ah, sim!  Luta? Porrada? Até tem. Mas bem pouquinho. A maioria muito mal coreografadas, diga-se de passagem. Por mais que a Coleen Wing não seja lá grandes coisas, é dela que vem as principais cenas de luta numa subtrama que, apesar de nada digno de nota, pelo menos rende porradaria.

Por falar nisso, pra um cara que passou os últimos 15 anos praticamente só lutando o dia inteiro, o Danny leva sufoco até do mais mequetrefe e figurante dos capangas.

iron-fist-header-2

Só na metade do Quinto episódio que as coisas começam a ficar minimamente interessantes e o Sexto é de longe o melhor deles(Não que seja muito difícil). Quando começam a levar a história pra lado Punho de Ferro e deixam “As aventuras empresariais de Danny Rand”  um pouco de lado. Temos ao menos a esperança de que se mantiverem por esse caminho e começarem a finalmente introduzir mais os conceitos de K’un Lun, algum vilão relevante as coisas podem dar uma melhorada. Até porque pra piorar, seria difícil.

O problema é que são 5 episódios pra série te acordar e eu costumo dizer que se uma série não me pega no Piloto ou no máximo no segundo episódio, eu largo mão. Punho de Ferro com certeza seria um desses casos de abandono mas como sou verme da Marvel, continuo.

marvel-iron-fist-netflix-danny-rand-finn-jones

Segunda temporada de Demolidor teve sua “Barriga” na segunda metade. Jessica Jones e Luke Cage foi na metade. Resta torcer para que a do Punho de Ferro tenha sido esse começo e a partir de agora a série engrene e entregue algo minimamente condizente com o personagem. Mas eu começo a achar que a primeira Temporada do Demolidor foi o que chamam de ponto fora da curva…

Punho de Ferro terá sua estréia no dia 17 de Março onde terá todos seus episódios liberados na Netflix. Após eu ver o resto da temporada farei outro texto. Agora com Spoiler pra ver se todo esse marasmo faz algum sentido.

 

  • Elielson Nascimento

    Bom texto!

    Parece que o Punho é de Isopor rsrs